Gestão de loja virtual: o que priorizar? 3 erros que você deve...

Gestão de loja virtual: o que priorizar? 3 erros que você deve evitar

2152
1
Gestão de negócios em sua loja virtual

Quem empreende na internet sabe que o volume de vendas é muito importante para manter um comércio eletrônico em funcionamento. No entanto, uma gestão eficiente é o que garante o sucesso do negócio a longo prazo. Se você está vendendo online e quer saber como fazer uma boa gestão de loja virtual, confira o que deve priorizar e evitar.  

O QUE É NECESSÁRIO PARA UMA BOA GESTÃO DE LOJA VIRTUAL?

Uma loja virtual requer uma estrutura menor do que uma loja física. Porém, engana-se quem pensa que empreender online significa somente vender, receber o dinheiro e enviar os produtos para o endereço dos clientes

A lista de tarefas que o gestor da loja virtual deve assumir é grande. Por isso, é fundamental manter a organização em todo o gerenciamento do negócio. Além disso, o gestor deve se preparar e aprender sobre as áreas que não tem domínio. Esse conhecimento evita que alguns erros de gestão sejam cometidos ao longo do processo.

O QUE PRIORIZAR NA GESTÃO DE UMA LOJA VIRTUAL?

Se você está planejando criar um comércio eletrônico, mas ainda não sabe exatamente quais áreas a gestão de loja virtual abrange, leia com atenção os itens abaixo. Assim você poderá ter uma visão global sobre todo conhecimento necessário para iniciar o negócio:

  • Contato com fornecedores
  • Controle de estoque
  • Cadastro dos produtos no comércio eletrônico
  • Criação de anúncios para impactar o público-alvo
  • Contato com Correios ou transportadora 
  • Envio dos produtos 
  • Controle financeiro

COMO CUIDAR DE UMA LOJA VIRTUAL E TORNÁ-LA RENTÁVEL?

Ter um e-commerce rentável é o desejo de todos os empreendedores online. Para que isso aconteça, é essencial estudar bastante sobre o mercado e sobre o produto que você quer vender. Muitas pessoas criam os seus negócios no impulso, sem saber se já existem lojas virtuais semelhantes e se, de fato, conseguirão vender online. Veja essas dicas:

É FUNDAMENTAL PLANEJAR MUITO

Dedique-se a criar um plano de negócios antes de começar as suas vendas. A partir desse levantamento é que você conseguirá compreender em qual mercado atuará, quem é o seu público-alvo e qual o produto é o ideal para oferecer.

O plano de negócios também ajuda a estimar o investimento financeiro que será necessário para colocar o comércio eletrônico em funcionamento. Para começar um negócio com segurança, também é importante pensar sobre o posicionamento estratégico dentro do mercado.

O IDEAL É SE ESCOLHER UM NICHO

Empreender para um nicho costuma ser mais eficiente do que tentar abranger a totalidade de consumidores. Se a sua ideia é ter um comércio eletrônico de livros, será mais eficiente se especializar na venda de livros de arquitetura do que vender livros sobre todas as temáticas possíveis.

A razão disso é simples: dificilmente os empreendimentos de menor porte conseguirão competir com grandes lojas, como, por exemplo, Submarino, Amazon ou Saraiva. Limitar-se a um nicho significa reduzir a concorrência do negócio e aumentar as chances de ter sucesso. Além disso, a gestão de lojas virtuais menores é mais fácil de controlar, né?

COMO ADMINISTRAR UMA LOJA VIRTUAL NO INSTAGRAM?

O Instagram é uma das redes sociais mais queridinhas do momento. A rede serve como um complemento para as lojas virtuais, que a utilizam para divulgar as fotografias de seus produtos e para se aproximar do público-alvo.

Sabendo disso, o próprio Instagram criou uma funcionalidade onde é possível anunciar os preços dos produtos e direcionar os interessados para o site do comércio eletrônico. Utilizar a rede social vinculada ao e-commerce oferece mais segurança para os consumidores concretizarem a compra. 

DIFERENÇA ENTRE A GESTÃO DE LOJA VIRTUAL E FÍSICA

Uma loja virtual tem muitas diferenças de uma loja de rua. Em primeiro lugar, o e-commerce não precisa investir em um ponto de venda físico. Além disso, também pode contar com uma equipe menor ou apenas com o trabalho do próprio gestor. 

No entanto, isso não significa que a gestão de lojas virtuais seja simples. No mercado, existem grandes empresas de comércio eletrônico, o que deixa a concorrência online bastante acirrada. Para poder atrair o público-alvo e competir com a concorrência, o e-commerce deve ser bem planejado e ter uma boa estratégia de marketing.

Além disso, a organização deve ser a palavra-chave do empreendedorismo online. Para gerenciar a logística e dar conta de enviar todos os produtos no prazo estimado, é necessário ter muito cuidado em todas as etapas do negócio. 

3 PRINCIPAIS ERROS DA GESTÃO DE LOJAS VIRTUAIS

A gestão de loja virtual exige conhecimento, organização e vontade de superar os obstáculos. Alguns erros que ocorrem no gerenciamento do e-commerce podem ser evitados antes mesmo de começar a empreender. Confira:

1 – FALTA DE PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO:

A boa gestão de loja virtual envolve o planejamento do negócio. Muitos empreendedores costumam subestimar a necessidade de um planejamento, acreditando que já têm conhecimento suficiente para dar o primeiro passo. Porém, a ausência de planejamento aumenta os custos operacionais e coloca o funcionamento da empresa em risco.

2 – POUCO FOCO NA REALIZAÇÃO DO PROJETO:

Esse erro é bem comum entre aqueles que estão começando a empreender no comércio eletrônico e acabam querendo vender de tudo um pouco. No entanto, quanto mais voltada para um determinado público a loja virtual for, maiores serão as chances de sucesso. O mercado virtual se concentra em nichos. 

3 – FALTA DE MÃO DE OBRA QUALIFICADA:

Se você quer aumentar as suas chances de sucesso, é fundamental contar com mão de obra especializada. Para administrar um comércio eletrônico, é necessário que você tenha conhecimento sobre vendas e internet. Além disso, deverá contar com o auxílio de um contador. Não tente fazer isso sozinho, a gestão de loja virtual precisa de mais pessoas.

Gostou de saber mais sobre gestão de lojas virtuais? Se você se interessou pelo assunto, também gostará de ler sobre a gestão de fornecedores para o seu e-commerce. Quanto mais você se preparar para empreender online, maiores serão as suas chances de sucesso!

Artigo anteriorCorreios ou transportadora: quando usar? Entenda os dois tipos de frete
Próximo artigoComo vender um produto para o cliente certo em 6 passos infalíveis
Marcio Eugênio é especialista em e-commerce, com mais de 13 anos de experiência na área, e sócio-fundador de três empresas focadas em e-commerce. É colunista em diversos portais relacionados a comércio virtual, administração e empreendedorismo, além de contar com vasta experiência em comércio eletrônico. Foi eleito em 2016 como o melhor profissional de e-commerce pela Abcomm, através de votação popular, e é apresentador do maior canal focado em e-commerce do Youtube no Brasil. O Projeto mais recente de Loja virtual é a https://www.monnieri.com.br/ que saiu do zero a um milhão de reais de faturamento em menos de dois anos.

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA