Técnicas de marketing de vendas infalíveis

Técnicas de marketing de vendas infalíveis [GUIA COMPLETO]

3407
0

O marketing é um aliado essencial para quem trabalha com vendas. Se bem utilizado, ele tem a capacidade de impactar positivamente um grande número de pessoas, o que se reflete na reputação da marca, no volume de vendas e na quantidade de dinheiro que entra. 

Se você trabalha ou quer trabalhar com vendas online, deve dedicar um tempo considerável para entender sobre as técnicas de marketing de vendas. Esse conhecimento pode impulsionar o seu negócio e conduzi-lo na direção do sucesso! 

O QUE É MARKETING?

Em uma definição ligeira, o marketing é uma estratégia empresarial de otimização de lucros feita a partir da adequação da oferta de mercadorias ou de serviços conforme as necessidades e as preferências dos consumidores. 

Para traçar uma estratégia que vá de encontro com os objetivos da marca, o marketing recorre a pesquisas de mercado, design, campanhas publicitárias, atendimentos pós-venda, entre outras técnicas.  

BENEFÍCIOS DO MARKETING

Não há dúvidas de que o marketing oferece uma série de vantagens a quem decide entendê-lo e aplicá-lo da melhor forma. As técnicas de marketing de vendas têm a capacidade de oferecer relevância a uma marca, destacando-a em relação aos concorrentes. Confira aqui os principais benefícios: 

  • Uso do marketing como diferencial competitivo;
  • Adoção de ferramentas e conceitos modernos de marketing;
  • Adoção do conceito de marketing integrado;
  • Atendimento às necessidades específicas de cada cliente;
  • Capacitação para aplicar as estratégias de marketing na prática;
  • Utilização de métricas e controles que possibilitem analisar resultados;
  • Definição das estratégias de mix de marketing adequadas a cada empresa.

O QUE É MARKETING DE VENDAS?

Existem  diversos tipos de marketing, entre eles o marketing de vendas. Essa técnica é utilizada por empresas e marcas que tenham como objetivo principal a venda de seus produtos ou serviços. Assim, as ações adotadas por esses agentes será com o intuito de elevar índice de concretização de compras. 

As técnicas de marketing de vendas devem levar em consideração o produto que se quer vender, o segmento de mercado em que a empresa se encontra e o público-alvo que se propõe a atender. Além disso, deve traçar as melhores estratégias e entender qual é o melhor canal para a divulgação e para a venda dos produtos. 

QUAL A IMPORTÂNCIA DO MARKETING NA ESTRATÉGIA PARA VENDER MAIS?

O marketing promove o equilíbrio dos recursos de uma empresa, trazendo resultados para o negócio no menor tempo possível e com o menor investimento. Aplicar as técnicas de marketing é uma tarefa que exige envolvimento e que dá trabalho, mas tem a grande vantagem de oferecer bons resultados.

Muitas empresas decidem não investir em marketing porque acham caro e, assim, preferem fazer a divulgação da forma que acreditam ser o melhor jeito. No entanto, acabam impactando as pessoas erradas e demoram mais tempo para alcançar os resultados que desejam. 

Além de ajudar uma empresa a aumentar o seu volume de vendas, o marketing também é muito eficiente para entender quais são as necessidades do mercado em que a marca está inserida e para estreitar o vínculo com os consumidores, transformando-os em clientes fiéis. 

COMO MELHORAR AS TÉCNICAS DE VENDAS?

Existem inúmeras técnicas de vendas que podem ser adotadas por uma empresa. Mas como saber qual é a ideal para o seu negócio? A resposta é: conhecendo o público com o qual você dialoga. Ao entender o comportamento dessas pessoas, você conseguirá estruturar uma linguagem atraente para impactar os seus consumidores.

Além disso, terá condições de definir quais são os desejos e as vontades do grupo a quem vende os seus produtos. Assim, poderá criar materiais que alcancem exatamente os pontos que são importante para essas pessoas.

Lembre-se que não existe fórmula para criar uma boa técnica de venda. Alguns consumidores gostam de ser atendidos com atenção, outros preferem escolher os produtos com autonomia. Conhecer o seu público-alvo é a melhor maneira de oferecer um atendimento que vá de encontro com o que ele valoriza. 

COMO ELABORAR UM PLANO DE AÇÃO DE VENDAS?

Agora que você já entendeu sobre a necessidade de conhecer seu público, vamos falar sobre o plano de ação de vendas? Com este passo a passo ficará mais fácil de chegar até o modelo ideal para o seu negócio! 

1. TRACE OBJETIVOS

O primeiro passo para criar um plano de ação de vendas é determinar quais são os objetivos da sua empresa. Ou seja: onde você pretende chegar? Lembre-se que é importante traçar metas reais, que possam ser alcançadas e que, de fato, ofereçam um benefício para a sua marca. 

2. PENSE NAS ESTRATÉGIAS

Agora que você já sabe para onde quer ir, deve pensar nas possibilidades de caminhos que poderá escolher para alcançar o objetivo. Se você quer vender um volume maior de produtos, poderá pensar, por exemplo, em aumentar o número de clientes, ampliar a gama de produtos que oferece ou criar uma promoção. 

3. FIQUE DE OLHO NOS RESULTADOS

Você poderá escolher uma ou mais ações para ir em busca meta que foi traçada lá no início. O importante é que acompanhe os resultados de forma que saiba qual ação é responsável por cada número. Assim poderá avaliar os pontos positivos e negativos de cada escolha. 

5 ESTRATÉGIA PARA VENDER MAIS

Além dos pontos que falamos acima para a elaboração do plano de ações de vendas, existem algumas estratégias que podem ser colocadas em prática no dia a dia do seu negócio. Sem dúvidas, contribuem com a experiência de compra e com a satisfação dos seus clientes. Veja quais são: 

1. AJUDE O CLIENTE A ENTENDER O QUE ELE PRECISA

Muitas vezes o cliente quer um produto e não sabe como procurá-lo. Em outras, precisa dar um presente para alguém, mas não sabe exatamente o quê. Você, que tem experiência com vendas e conhece bem seus produtos, deve auxiliar o cliente a entender o que precisa. 

2. ESTABELEÇA UMA RELAÇÃO DE CONFIANÇA COM O CLIENTE

Toda a experiência de compra deve ser baseada na confiança. Por isso, se dedique a incluir informações completas e corretas em seu comércio eletrônico e a cumprir o prazo previsto na entrega. Se em algum momento você errar em algum ponto, reconheça o erro.

3. SEJA FLEXÍVEL E RESILIENTE

Ser flexível significa ter a capacidade de se adequar às mais variadas situações. No mundo das vendas você se deparará com pessoas muito diferentes. Saber conduzir bem essas interações poderá fazer a diferença para você e para seus clientes.

4. CRIE UMA ESTRATÉGIA

Ter uma estratégias de vendas significa que você estará trabalhando baseado nas reais necessidades da marca, e não naquilo que você acha que é importante. Assim, terá mais chances de alcançar benefícios reais para o negócio.

5. SEJA CRIATIVO

A criatividade ajuda que uma empresa possa adequar as estratégias conforme a situação e se beneficiar de situações que, à primeira vista, não seriam tão boas. Seja criativo e incansável para buscar soluções. 

QUAIS SÃO AS MELHORES TÉCNICAS DE MARKETING DE VENDAS?

As melhores técnicas de marketing de vendas são aquelas que têm sintonia com a proposta da sua marca. Por isso, só você saberá o que é o ideal para o seu negócio – e isso deve ser respondido com base em conhecimento e estudo. Conheça aqui as principais técnicas: 

1. REDES SOCIAIS

As redes sociais são canais onde se pode chegar a um grande número de pessoas ao mesmo tempo usando a mesma técnica. O interessante é que cada uma dessas pessoas pode impactar outras tantas pessoas, e assim por diante. Atenção: sua marca não precisa participar de todas as redes sociais, só das que têm a ver com sua proposta.

2. SITES E BLOGS

Existem sites e blogs dos mais variados temas, que dialogam com públicos específicos, conhecidos como clientes-chave. Para uma marca, os blogs servem como um canal para divulgação de conteúdo e para estreitamento dos laços com os clientes. Além disso, é possível usar banners e links para canais relevantes. 

3. E-MAIL MARKETING

Para que seja eficiente, o e-mail marketing deve ser usado em situações bem específicas. Se for enviado com muita frequência, acaba gerando desinteresse. Em geral, essa ferramenta funciona bem para divulgar os lançamentos da marca e para anunciar as promoções. 

4. VÍDEOS

Os vídeos funcionam como um excelente complemento de conteúdo. Na maior parte das vezes, são divulgados no YouTube e podem ser vistos de forma individual ou ser associados às redes sociais ou ao comércio eletrônico, de forma que auxiliem os consumidores a ter ideia sobre o produto que querem adquirir. 

5. WEBINAR

Essa ferramenta é interessante para divulgar aulas, palestras e conferências na internet. Ela funciona como uma webconferência e os participantes podem interagir a partir de um chat. No caso de uma marca, pode ser usada para abordar assuntos de interesse dos consumidores, estreitando o vínculo.

6. E-BOOKS

Os livros eletrônicos têm a facilidade de reunir conteúdos que nem sempre são fáceis de serem encontrados na web. Muitos influenciadores digitais têm usado esse recurso para compartilhar conhecimento e ganhar um dinheiro extra. O Hotmart é uma das melhores plataformas para isso.

7. GOOGLE MEU NEGÓCIO

Essa é uma plataforma do Google que tem como objetivo aproximar os clientes da marca ou da empresa. O recurso aparece como resultado da pesquisa do buscador e oferece informações completas sobre o negócio, como endereço, telefone, site e horário de funcionamento. 

8. SEO

Search Engine Optimization (SEO) é o termo que se a refere uma série de estratégias orgânicas que podem ser aplicadas em um site ou blog para que ele seja apresentado entre os primeiros lugares da pesquisa do Google. Desta forma, aumenta a possibilidade de os usuários o visitarem. 

9. MARKETING DE GUERRILHA

O marketing de guerrilha tem como objetivo oferecer uma experiência interessante para o consumidor, chamando a sua atenção e, indiretamente, apresentando um produto ou serviço. Em geral, consiste em adaptar lugares públicos e muito movimentados para realizar ações de alto alcance. 

10. PODCASTS

Os podcasts estão cada vez mais em alta. Na prática, funcionam de maneira semelhante aos programas de rádio, tendo a voz como difusora de conteúdo. Como vantagem, são divulgados na internet de maneira gratuita e se mostram uma excelente maneira de divulgar conteúdo. 

11. GOOGLE ADS

A principal ferramenta do Google é totalmente focada em publicidade. Com ela, é possível divulgar o seu negócio no buscador mais acessado do mundo e impactar as pessoas certas. Os anúncios são feitos de forma personalizada e podem ser segmentados para diferentes perfis de públicos. 

12. FACEBOOK ADS

Aqui, estamos falando das propagandas feitas dentro da plataforma do Facebook. Essa divulgação pode ser feita na forma de texto e de vídeo, impactando os usuários que tenham perfil semelhante à proposta da sua marca. Também é possível promover as publicações da sua página.

13. INSTAGRAM ADS

Na mesma lógica dos dois itens acima, o Instagram também trabalha com propagandas para marcas e produtos. Como a rede social tem sido muito acessada e, para algumas pessoas, é mais relevante do que o próprio Facebook, pode ser interessante divulgar seu negócio por lá.

14. PARCERIAS

Parceria é como é chamado o trabalho em conjunto das marcas com os influenciadores digitais. Esse é um ramo de trabalho recente e, por isso, as práticas ainda não estão muito padronizadas. Os influenciadores mais famosos cobram para falar de algum produto, enquanto os menores costumam trabalhar com permuta.

15. PROGRAMA DE INDICAÇÃO

Em outras palavras, o programa de indicação é o famoso boca a boca. E essa é a alma do negócio. Por isso que é tão importante oferecer uma boa experiência de compra para seus consumidores. Se estiverem satisfeitos com a sua empresa, vão indicar para amigos e conhecidos.

TÉCNICAS DE MARKETING PARA ATRAIR CLIENTES

Deu para ver que existem muitas maneiras de impactar os seus clientes e de aumentar a divulgação da sua marca, não é mesmo? Além de todos os itens que listamos acima, ainda existem algumas técnicas que servem para tornar o seu negócio mais forte e conhecido. Veja só:

SEGMENTE O SEU MERCADO-ALVO

Em um primeiro momento, até pode parecer que quanto mais amplo for seu público-alvo, mais você venderá. No entanto, a prática é um pouco diferente. Quanto mais segmentada for a sua proposta, maiores serão as suas possibilidades de se diferenciar da concorrência e de impactar pessoas realmente interessadas na sua proposta.

USE A SAZONALIDADE A SEU FAVOR

A sazonalidade é a dor de cabeça de muitos empreendedores. Como uma empresa que vende roupas de praia pode contornar os meses de frio? Aproveitando os insumos e a mão de obra para ampliar os produtos e contemplar as  vestimentas focadas na natação e na hidroginástica. 

FAÇA PARCERIAS ESTRATÉGICAS

Pesquise e encontre marcas e influenciadores digitais que compartilhem de um propósito semelhante ao seu. Nem todas as empresas devem ser vistas como concorrentes, o trabalho em equipe tem muito potencial. Se você vende bolsas térmicas, faça parcerias com empresas que trabalham fazendo marmitas. 

QUAIS SÃO AS FERRAMENTAS DO MARKETING PARA VENDAS?

O marketing é um assunto muito amplo e que dispõe de uma gama de recursos para quem quer fortalecer uma marca. A vantagem disso é que com estudo e dedicação, é possível aproveitar essas técnicas para criar estratégias realmente úteis. Veja aqui algumas das ferramentas usadas pelo marketing no empreendedorismo do e-commerce:

BENCHMARKING

É o método sistemático de procura por melhores processos, ideias inovadoras e procedimentos de operação mais eficazes que conduzam a um desempenho superior. Vale lembrar que o verdadeiro benchmarking tem como princípio a inovação e não a cópia de ações desenvolvidas pela concorrência. 

Por isso, sua prática não se deve restringir apenas ao setor de atuação da empresa. Inclua na sua busca empresas inspiradoras e que possam de alguma forma contribuir com ideias para o seu negócio. Isso inclui inclusive marcas que trabalhem em outros países e em mercados bem diferentes do seu.

SERVQUAL

É uma escala concisa de múltiplos itens, com boa confiabilidade que as organizações que atuam com serviços podem usar para compreender melhor as expectativas e as percepções dos seus consumidores. 

Ele fornece um esqueleto básico através das suas declarações de expectativas/percepções para cada uma das cinco dimensões da qualidade do serviço: tangibilidade, confiabilidade, suscetibilidade, garantia e empatia.

CRM (CUSTOMER RELATIONSHIP MANAGEMENT)

É uma integração de processos de produção, distribuição, vendas e marketing, de forma orientada ao cliente. Com isso, busca conquistar novos consumidores, aumentar a satisfação dos atuais e estimular a fidelidade, visando mais lucro para a empresa. 

Mais do que uma ferramenta, o CRM é uma filosofia de gestão baseada em marketing de relacionamento. Se bem aplicada, essa técnica pode contribuir com resultados bem importantes para o negócio.

SWOT OU FOFA (FORÇAS, OPORTUNIDADES, FRAQUEZAS E AMEAÇAS)

É um sistema de análise de ambiente que, por sua facilidade de compreensão e uso, é adotado em diversos negócios. Tem como objetivo entender o cenário momentâneo e identifica o posicionamento das marcas ou produtos que fazem parte da análise.

Em sua estrutura, considera as forças e as fraquezas da marca e as oportunidades e ameaças do mercado onde a empresa se encontra. Com isso, consegue identificar problemas e encontrar pontos positivos que podem conduzir ao sucesso. 

SEGMENTAÇÃO DE MERCADO

É o processo de identificação de um subgrupo de clientes cujas necessidades, desejos e/ou recursos são diferentes. Assim, cada perfil de consumidor responde de forma diferente a determinados estímulos de marketing.

Conhecer o público-alvo de uma marca e os seus subgrupos oferece uma série de benefício aos gestores. Com essa informação, é possível, por exemplo, pensar na linguagem adotada pela empresa e entender a melhor maneira de segmentar anúncios. 

SISTEMA DE INFORMAÇÕES DE MARKETING (S.I.M.)

É um conjunto de estratégias com pessoas, equipamentos e procedimentos dedicados a coletar, classificar, analisar, avaliar e distribuir as informações necessárias de maneira precisa e oportuna para aqueles que tomam decisões de marketing.

Desse modo, os gestores do negócio têm as informações necessárias e exatas para conduzirem a empresa pelo caminho mais assertivo. Os dados coletados devem ser analisados com atenção e cautela. 

PESQUISAS DE MARKETING

São uma das etapas da técnica acima, conhecida como S.I.M. Em resumo, as pesquisas de marketing são a concepção, coleta, análise e comunicação em bases sistemáticas de dados, das descobertas relevantes de marketing para uma empresa. 

Essas informações têm grande valia no processo de tomada de decisões por parte dos gestores do negócio. O ideal é que as pesquisas sejam conduzidas por profissionais especializados e que tenham experiência no mercado em questão.

PLANO DE MARKETING

É o documento formal que resume o entendimento sobre o mercado com suas tendências e peculiaridades. Aponta a forma como a empresa almeja atingir seus objetivos de marketing dadas as limitações de recursos da empresa. 

Um bom plano de marketing auxilia os empreendedores a divulgarem a sua marca de forma adequada, dialogando com o público-alvo que querem atingir e investindo o mínimo de recursos possíveis.

Deu para ver que as técnicas de marketing de vendas são um tema bem extenso, não é mesmo? Embora à primeira vista pareçam complicadas, essas técnicas são muito importantes para um negócio, já que ajudam os gestores da marca a tomarem as melhores decisões e andarem em direção ao sucesso. 

Agora que você já entendeu tudo sobre esse tema, sugerimos que leia sobre ferramentas de vendas online. Com esse material, você terá bastante conhecimento para vender online! Boa leitura!

Artigo anteriorComo vender em tempos de crise: dicas para aumentar vendas
Próximo artigoRede de relacionamento: o que é e como fazer networking?
Marcio Eugênio é especialista em e-commerce, com mais de 13 anos de experiência na área, e sócio-fundador de três empresas focadas em e-commerce. É colunista em diversos portais relacionados a comércio virtual, administração e empreendedorismo, além de contar com vasta experiência em comércio eletrônico. Foi eleito em 2016 como o melhor profissional de e-commerce pela Abcomm, através de votação popular, e é apresentador do maior canal focado em e-commerce do Youtube no Brasil. O Projeto mais recente de Loja virtual é a https://www.monnieri.com.br/ que saiu do zero a um milhão de reais de faturamento em menos de dois anos.

DEIXE UMA RESPOSTA