Migração de sites: o que é e como funciona? Veja como fazer

Migração de sites: o que é e como funciona? Veja como fazer

2202
0
O que é migração de loja virtual e como fazer
O que é migração de loja virtual e como fazer

Muita gente não sabe, mas a migração de sites é uma prática bem comum entre os empreendedores virtuais. A mudança de plataforma pode ser necessária principalmente devido a falhas na prestação do serviço, prejudicando o comércio eletrônico que está hospedado nela. 

Por isso, se você tem um e-commerce ou quer criar um, saiba que a escolha da empresa é de extrema importância e impacta diretamente no resultado do seu negócio.  Pensando em ajudar a ampliar o seu conhecimento sobre a migração de sites, criamos esse material bem completo e cheio de informações relevantes. Boa leitura! 

O QUE É MIGRAÇÃO DE SITES?

Em primeiro lugar, é fundamental esclarecer o que é migração de sites. Pois bem, quando alguém decide criar um site, uma das primeiras decisões é justamente escolher a plataforma em que sua loja será alocada. A migração nada mais é do que mudar a empresa onde esse site está baseado. 

Sem dúvidas, a migração não é uma tarefa fácil, já que consiste no encaminhamento de informações de uma plataforma para outra. Ou seja, não é tão diferente de uma mudança de apartamento. Esse deslocamento de dados virtuais, que equivale a todas as caixas que a transportadora leva à nova residência, deve ser executado de maneira exitosa.

Caso o contrário, coloca em risco o sucesso do site, já que muitas informações importantes poderão ser perdidas. Por essa razão, recomenda-se que desde o início as pessoas optem por plataformas com boa reputação e que ofereçam uma gama completa de recursos, reduzindo o risco de precisar recorrer à migração de sites. 

QUANDO É NECESSÁRIO FAZER A MIGRAÇÃO DO SITE PARA UMA NOVA HOSPEDAGEM?

Se depender da vontade do dono de um comércio eletrônico, ele ficará hospedado sempre na mesma plataforma, usufruindo de um bom serviço e oferecendo uma boa experiência aos seus consumidores. No entanto, algumas questões podem fazer com que seja necessário migrar o site para outra plataforma. Veja quando isso pode acontecer: 

1. PROBLEMAS COM OS SERVIÇOS OFERECIDOS

Algumas plataformas prometem mais do que entregam. Na hora da contratação, listam uma série de recursos, mas, na hora de prestarem o serviço, não são tão boas assim. Essa insatisfação é uma das principais causas para a migração. Além disso, o e-commerce pode crescer e passar a precisar de mais recursos que a plataforma dispõe. 

2. RESOLUÇÃO DOS PROBLEMAS DE INSTABILIDADE E LENTIDÃO

A instabilidade do site também é outro problema que gera grande insatisfação nos gestores de loja virtual, e com razão. Um site precisa estar sempre no ar e, mais do que isso, precisa oferecer uma navegação rápida. Do contrário, os consumidores vão escolher comprar no e-commerce do concorrente. 

3. BUSCA POR UM MELHOR SUPORTE TÉCNICO

Todas as plataformas podem, eventualmente, ter algum erro. Mas o suporte técnico oferecido faz diferença na satisfação do gestor do e-commerce. Um problema que demora a ser resolvido reflete na queda das vendas da loja virtual e, é claro, na redução do faturamento daquele comércio eletrônico. 

O QUE SABER ANTES DE FAZER A MIGRAÇÃO DE SITES?

Algumas vezes, a migração de sites é mesmo necessária e, nesses casos, recomenda-se que o gestor pesquise bastante sobre a nova plataforma que está escolhendo. Afinal, migrar site de uma hospedagem para outra dá trabalho e deve ser feito com muita cautela. Por isso, antes de fazer essa migração é importante saber sobre:

  • Como é a infraestrutura técnica da nova empresa
  • Como é o atendimento oferecido pela nova empresa
  • Como é a equipe de suporte da nova empresa 

Para isso, leia todas as informações publicadas no site, entre em contato para esclarecer dúvidas e busque saber a opinião de quem já contratou esse serviço. Com essa pesquisa, você terá mais chances de fazer uma boa escolha para o seu negócio. Além disso, recomenda-se que o dono do e-commerce faça um backup com as informações do site. 

QUAIS DADOS SÃO NECESSÁRIOS PARA MIGRAR UM SITE?

Depois de ter batido o martelo sobre a plataforma, será hora de migrar site de uma hospedagem para outra. Nessa etapa, será necessário preencher um formulário que solicita a realização da migração. Com isso, a nova empresa de hospedagem ficará autorizada a prestar o serviço. No formulário constarão os seguintes dados:

  • Nome completo
  • E-mail que você usa na sua conta
  • Telefone 
  • Domínio para o qual será transferido
  • Informações de acesso do provedor anterior à migração
  • Nome de usuário e senha
  • Sistema de hospedagem utilizado
  • Aceitar os termos da migração

COMO MIGRAR SITE DE UMA HOSPEDAGEM PARA OUTRA?

A migração de sites não é uma tarefa fácil de ser executada e, por isso, exige paciência e organização. Qualquer problema durante o processo de transferência pode dar muita dor de cabeça e impactar diretamente nos números do e-commerce. Por isso, recomenda-se que antes de início ao processo de migração, o gestor saiba tudo o que precisa transferir.

Isso ajudará na conferência das informações transmitidas, possibilitando que, caso haja alguma falha, ela seja corrigida antes de prejudicar a atividade da loja virtual. Em geral, a migração envolve o envio dos arquivos do servidor de hospedagem, do banco de dados, dos e-mails, das configurações de hospedagem e do apontamento do domínio (DNS).

O QUE É MIGRAÇÃO DE LOJA VIRTUAL?

Já falamos bastante sobre a migração de sites, mas ainda não explicamos o que deve ser feito na hora de transferir o conteúdo de uma hospedagem para outra. Nessa etapa, o gestor do e-commerce precisa contratar um programador ou uma empresa, já que dificilmente conseguirá fazer isso sozinho.

O processo de migração de loja virtual pode ser complexo e, por esse motivo, é essencial optar por um profissional conceituado e, de preferência, que seja recomendado por alguém que já contratou seus serviços. Desta maneira, você estará munido de todas as ferramentas para conduzir uma migração de forma bem sucedida. 

Além disso, vale saber que existem duas maneiras de criar uma loja virtual. São elas: a partir de meio de plataformas prontas ou por método manual, onde se cria uma loja totalmente do zero. Esse último caso é recomendado apenas para lojas virtuais grandes, que precisam de recursos específicos. 

A migração de lojas virtuais próprias, criadas de forma manual, costuma ser mais complicada justamente pela personalização. O servidor para loja Magento, por exemplo, atende muito bem a determinadas demandas em termos de e-commerce, mas, mesmo assim, tem limitações nas transações. 

PRINCIPAIS PROBLEMAS CAUSADOS PELA MIGRAÇÃO EQUIVOCADA

Nenhum empreendedor virtual quer recorrer à migração de sites e, da mesma maneira, ninguém quer ter que lidar com problemas causados por uma condução errada no processo de envio de informações de uma hospedagem para outra. No entanto, a contratação de um profissional não qualificado pode resultar em alguns problemas, como:

1. PERDA DE DADOS

Se a migração de plataforma for feita de maneira errada, pode haver perdas parciais ou totais dos trabalhos, gerando uma série de problemas que podem prejudicar o desempenho e no faturamento do comércio eletrônico. Para prevenir essa situação, é fundamental fazer um backup do conteúdo antes de começar o processo de migração. 

2. PARALISIA DE SISTEMAS

Muitas vezes, durante a migração da loja virtual pode ocorrer alguma paralisia de sistema. Esse não é um problema grave, mas pode impactar na experiência dos consumidores que estiverem acessando o comércio eletrônico, fazendo com que recorram às lojas virtuais concorrentes.

3. PERDA DE POSICIONAMENTO NO GOOGLE

Se sua loja virtual já estiver bem indexada e com tráfego vindo dos motores de busca e não for realizado o redirecionamento 301, ela perderá espaço nos resultados e terá dificuldades para recuperar as posições perdidas. Em resumo, esse é um redirecionamento permanente que deve ser usado para mostrar aos buscadores que a página trocou de endereço. 

COMO MIGRAR DE SERVIDOR DA LOJA VIRTUAL?

Até agora, falamos bastante sobre a migração de sites com ênfase na plataforma de hospedagem do comércio eletrônico. Aqui, explicaremos como funciona a migração do servidor da loja virtual. Antes de tudo, precisamos explicar o que é a hospedagem de sites (ou host a host). 

Pois bem, a hospedagem nada mais é do que um computador que determinada empresa aluga para alguém hospedar seu site. Muitas vezes, os sites apresentam problemas, gerando a necessidade de migrar de um servidor a outro. A boa notícia é que esse é um processo relativamente simples, com menos riscos do que a migração de hospedagem.

VEJA O QUE CONSIDERAR NA MIGRAÇÃO

Quando falamos sobre a migração de loja virtual, temos que ter em mente que ela pode se referir à transferência de hospedagem ou de servidor. No caso da migração de servidor, o serviço pode ser realizado pela própria empresa, que faz a transferência muitas vezes sem nem cobrar por isso.

Porém, a migração de plataformas de hospedagem é uma questão mais delicada e, por isso, recomenda-se que você desenvolva este processo por meio de uma empresa especializada na área. Esse é um processo bem trabalhoso e, para evitar novos problemas, requer apoio profissional.

Agora que você já sabe tudo sobre a migração de sites, recomendamos que leia sobre plataformas para e-commerce. Com esse conhecimento, poderá escolher a melhor empresa de hospedagem para o seu negócio e evitar dor de cabeça!

Artigo anteriorO que é e-learning e como funciona? Tudo que precisa saber
Próximo artigoO que é marketing e como fazer? GUIA COMPLETO
Marcio Eugênio é especialista em e-commerce, com mais de 13 anos de experiência na área, e sócio-fundador de três empresas focadas em e-commerce. É colunista em diversos portais relacionados a comércio virtual, administração e empreendedorismo, além de contar com vasta experiência em comércio eletrônico. Foi eleito em 2016 como o melhor profissional de e-commerce pela Abcomm, através de votação popular, e é apresentador do maior canal focado em e-commerce do Youtube no Brasil. O Projeto mais recente de Loja virtual é a https://www.monnieri.com.br/ que saiu do zero a um milhão de reais de faturamento em menos de dois anos.

DEIXE UMA RESPOSTA