Como fazer o registro de domínio

Como fazer o registro de domínio

1802
0
Como fazer o registro de domínio

Leia nesse artigo dicas e informações de como fazer o registro de domínio

Descubra como funciona o passo a passo de como fazer o registro de domínio do seu site e entenda a sua importância Montar uma loja virtual exige uma série de procedimentos, como identificar o público alvo, escolher exatamente quais produtos vender, procurar pelos melhores fornecedores, optar por uma hospedagem para sites de confiança, bem como uma plataforma de e-commerce eficiente, além de criar um plano de negócio com as estratégias de marketing. E isso é apenas um grosso resumo do trabalho a ser feito.

Simplo 7- Plataforma de e-commerceNo entanto, existe ainda mais trabalho e que deve ser pensado antes disso tudo, ou seja, fazer o registro de domínio do seu negócio virtual.

Em outras palavras, escolher o nome que o seu site vai ter, ou mais especificamente, que vai aparecer no URL do seu e-commerce. Mas não basta definir um domínio, como também registrá-lo, o que vai garantir que o seu empreendimento virtual tenha a URL que você deseja, e ninguém mais.

BAIXE NOSSO MATERIAL:


>Como montar uma loja virtual
>Como fotografar e editar fotos em sua loja virtual
>Como atrair visitantes gratuitamente para sua loja virtual
>Como vender pelo Facebook e Instagram

Isso é uma regra para todo mundo que possui um negócio ou mesmo outro tipo de site que deseja que seja profissional e de credibilidade. Ao registrar o domínio é preciso ainda escolher por um serviço de hospedagem, assim, o seu endereço virtual vai ficar em um servidor de sua escolha.

Quem, entretanto, opta pelas hospedagens gratuitas, embora seja uma opção, principalmente, para quem está iniciando na internet, perde uma série de benefícios, inclusive, o de ter um registro.

Isso é, você até pode escolher a primeira parte do URL do seu site, mas o restante será o domínio da empresa de hospedagem gratuita, o que acontece com quem possui um blog, como o oferecido pelo Google, por exemplo. Nesse caso, o site tem o nome da sua escolha e logo depois o “blogspot.com.br”.

BAIXE NOSSO MATERIAL:

>Baixe planilha de análise de concorrência
>Baixe e-book com 6 maiores erros de quem faz anúncios
>Baixe e-book de como capturar e-mail

Porque registrar domínio para a sua loja virtual

Outra vantagem de pagar por uma hospedagem para a sua loja virtual e, por consequência, ter um domínio é também o fato de você pode contar com e-mails que sigam a estrutura seunome@seudominio.com.br. Esse é um aspecto que confere muito profissionalismo a sua marca, sem contar que domínios próprios ajudam o seu site a ficar melhor posicionado nos mecanismos de busca.

BAIXE NOSSO MATERIAL:

>Como recuperar 30% pedidos pagos por boleto
>Saiba por que usar e-mail marketing na sua loja
>Faça parte da Lista Vip DLoja Virtual

Registrar o domínio garante ainda que outros empreendimentos na web não façam uso do mesmo nome que você escolher para o seu negócio. Aliás, uma forma de garantir que não apareçam outras lojas virtuais nem mesmo com nomes parecidos com o seu é registrando não só o domínio que você vai usar, mas também outros parecidos.

BAIXE NOSSO MATERIAL:

>Veja 3 Ferramentas para monitorar seu mercado
>Aprenda como usar o CANVA
>Aprenda como usar o Google Analytics em sua loja virtual

Vantagens de um melhor posicionamento no Google e credibilidade da sua marca

Já as vantagens de um melhor posicionamento no Google e credibilidade da sua marca estão melhores garantidas se você tiver alguns cuidados ao escolher o domínio que vai usar para o seu e-commerce. É importante que seja o nome da sua marca e mesmo se não for uma loja virtual indica-se que as palavras escolhidas tenham relação com o tema principal do seu site.

Outras dicas para um domínio de sucesso consistem em optar por nomes não muito longos e nem muitos curtos, a ponto de não deixar claro o que existe no seu site. Por isso, é importante usar palavras que consigam resumir o que você oferece ou qual é o tema do seu site. É importante ainda evitar termos confusos, lembre-se que é essencial que sejam fáceis de recordar.

BAIXE NOSSO MATERIAL:

>Como atrair cliente com e-mail marketing
>7 dicas para começar a usar o Youtube
>Saiba se seu site está otimizado

Para evitar frustrações, outra dica é ter mais de uma opção de nome para o seu domínio na hora de registrá-lo, no caso do escolhido já existir. Além disso, o “www” não é mais obrigatório nos domínios, por isso, especialistas afirmam que é melhor não inclui-lo, o que vai deixar o seu URL mais clean.

Além da palavra ou das palavras para o seu domínio, você deve saber o que escolher depois do ponto

Os domínios que podem ser usados tanto para pessoas físicas quanto jurídicas que atuam em atividades comerciais e que são bem usados por serem genéricos são o “com.br” e o “net.br”. Porém, as pessoas físicas podem optar ainda pelos domínios blog.br, flog.br, nom.br, vlog.br, entre outros.

Já os profissionais liberais que possuem um site para divulgar os seus serviços podem personalizar o seu domínio para que sejam melhores identificados, como os administradores que podem usar o adm.br, os advogados o adv.br, os arquitetos o arq.br, os nutricionistas o tr.br e os dentistas o odo.br, apenas para dar alguns exemplos.

As pessoas jurídicas também possuem a possibilidade de customizar o seu domínio de acordo com a sua área de atuação. Nesse caso, as indústrias podem usar o ind.br, os meios de comunicação o inf.br, as entidades do poder judiciário o jus.br, as de ensino superior o edu.br, as do governo federal o gov.br e as não governamentais sem fins lucrativos o org.br. Para alguns desses casos é preciso apresentar documentos extras ao fazer o registro.

Passo a passo de como fazer o registro de domínio

Registrar domínio é bastante simples e você mesmo pode fazer. O registro deve ser sempre feito, no Brasil, por meio do site Registro.Br. O primeiro passo ao acessar o site é conferir se o domínio que você quer registrar está disponível. Logo na página inicial aparece um campo para digitar o nome desejado. Se a sua opção já foi escolhida por outra pessoa, são apresentadas alternativas pelas quais você pode optar.

Quando o nome escolhido estiver disponível, o próximo passo é fazer o cadastro no serviço, o que exige preencher um formulário com os seus principais dados pessoais, além de criar uma senha para acessar o site novamente. Agora chega a hora de efetivamente cadastrar o domínio, sendo que para tanto é preciso informar o CPF ou CNPJ, endereço e telefone válidos.

BAIXE NOSSO MATERIAL:

>Baixe a planilha de planejamento de ações de marketing
>Baixe e-book para datas comemorativas

Nessa hora aparece o valor anual, que é bastante acessível, sendo que para os anos adicionais costuma haver um desconto. Durante o procedimento é preciso ainda informar o DNS do servidor do seu site, assim, ele poderá ser direcionamento para o endereço registrado.

Antes de pagar é aconselhado ler todo o contrato do serviço. Na sequência, na tela de pagamento, são oferecidos os redirecionadores de e-mail, o que dá direito a um endereço de e-mail próprio com o seu domínio.

Artigo anteriorPrograma de afiliados para loja virtual: o que é e como funciona
Próximo artigoSEO loja virtual: como fazer seu e-commerce aparecer nas buscas
Marcio Eugênio é especialista em e-commerce, com mais de 13 anos de experiência na área, e sócio-fundador de três empresas focadas em e-commerce. É colunista em diversos portais relacionados a comércio virtual, administração e empreendedorismo, além de contar com vasta experiência em comércio eletrônico. Foi eleito em 2016 como o melhor profissional de e-commerce pela Abcomm, através de votação popular, e é apresentador do maior canal focado em e-commerce do Youtube no Brasil. O Projeto mais recente de Loja virtual é a https://www.monnieri.com.br/ que saiu do zero a um milhão de reais de faturamento em menos de dois anos.

DEIXE UMA RESPOSTA