Estratégia do oceano azul: o que é e como aplicar? Veja aqui!

Estratégia do oceano azul: o que é e como aplicar? Veja aqui!

2371
0
Estratégia do oceano azul em sua loja virtual
Estratégia do oceano azul em sua loja virtual

Uma das maiores dúvidas de quem começa a empreender na internet diz respeito ao mercado em que vai atuar. Afinal, em um mundo em que tudo já foi criado e em que é muito difícil ter ideias realmente inovadoras, como é possível atrair os consumidores e se diferenciar dos concorrentes?

Pois bem, você já ouviu falar na estratégia do oceano azul? Esse é um conceito baseado em livro de W. Chan Kim e Renée Mauborgne que se dedica a explicar como aumentar o mercado de uma marca e superar a concorrência. Ou seja, responde todas as dúvidas dos novos empreendedores digitais.

Se você trabalha com vendas online ou quer começar a atuar nessa área, esse conteúdo é muito interessante para você! Aqui explicaremos o que é a estratégia do oceano azul e como você pode aplicá-la na sua marca. 

O QUE É ESTRATÉGIA DO OCEANO AZUL E VERMELHO?

A estratégia do oceano azul e vermelho faz uma analogia entre os mercados que uma empresa pode impactar. Assim, diz que o oceano azul é um mercado livre, que não tem muitas marcas atuando, enquanto o oceano vermelho é um mercado saturado, ou seja, onde muitas empresas estão presentes.

Tendo esse cenário em vista, o oceano azul é um ambiente muito mais interessante para as empresas se direcionarem, já que ele tem não tem limites em relação à presença de concorrentes. O oceano vermelho, por sua vez, é limitado e tem uma concorrência considerada predatória, simbolizada pela cor do sangue. 

Mas como a estratégia do oceano azul pode ser aplicada na prática por uma empresa? Falaremos disso a seguir.

PARA QUE SERVE A ESTRATÉGIA DO OCEANO AZUL?

A estratégia do oceano azul serve para muitas coisas dentro do contexto dos comércios eletrônicos e das vendas online. Com a aplicação de seus conceitos, é possível direcionar a atuação da marca para públicos que ainda não são atendidos, reduzindo o confronto com concorrentes e aumentando as possibilidades de sucesso. Confira mais alguns exemplos:

CRIAR UM ESPAÇO INEXPLORADO NO MERCADO

Não é exagero dizer que quase tudo já foi inventado e colocado em prática. Pois então, como investir em um negócio se já existem empresas trabalhando no mesmo setor há mais tempo? Essa é uma pergunta que deve ser considerada na hora de criar um e-commerce. Diante disso, o ideal é escolher produtos direcionados a um mercado ainda não atendido. 

FORNECER FERRAMENTAS PARA ENTENDER AS OPORTUNIDADES

Outro ponto importante da estratégia do oceano azul diz respeito às oportunidades. Para isso, o empreendedor deve direcionar o olhar para produtos e mercados alternativos, pensando em soluções que fujam daquelas ideias comuns. Afinal, isso todo mundo pode fazer, não é mesmo?

MAXIMIZAR OPORTUNIDADES E MINIMIZAR OS RISCOS

Todo empreendedor quer pensar em soluções que aumentem as chances de sucesso e reduzam os riscos de fracasso. Mas como fazer isso? A estratégia do oceano azul propõe uma avaliação que considera a utilidade, o preço, o custo e a recepção do público pelo produto ou serviço. 

TRANSFORMAR A EXECUÇÃO EM ESTRATÉGIA

Como o próprio nome diz, a estratégia do oceano azul dispõe de ferramentas que tem como objetivo possibilitar que os gestores façam uso estratégias que tenham sintonia com a proposta do negócio. Desta forma, aumentam as possibilidades de criarem ações realmente eficientes.

MOSTRAR UM RESULTADO GANHA-GANHA

O resultado ganha-ganha é aquele que oferece benefícios para todas as partes envolvidas no negócio. Assim, a empresa tem que considerar o valor, o lucro e as pessoas que quer atender, para, desta forma, fazer uso das melhores estratégias e caminhar em direção aos resultados desejados. 

COMO FUNCIONA A ESTRATÉGIA DO OCEANO AZUL?

Já deu para perceber que a estratégia do oceano azul deve ser considerada na hora de criar um negócio, não é mesmo? Com ela, é possível conduzir a atuação da empresa para um mercado onde ainda não existe a presença de muitas marcas. Mas afinal, por qual motivo é que essa estratégia é tão falada atualmente?

ESTRATÉGIA BASEADA EM DADOS E FATOS CONCRETOS

A estratégia do oceano azul foi construída tendo como base anos e mais anos de estudo e de observações sobre o mercado e sobre as decisões das empresas. Os seus autores consideraram mais de 30 setores, com histórias construídas ao longo de mais de 100 anos. Ou seja, eles reuniram bastante material para construir percepções sólidas.

UNIR DIFERENCIAÇÃO E BAIXO CUSTO

Além disso, a estratégia em questão concilia a criação de marcas diferenciadas com um baixo custo produtivo. Isso vai contra a maior parte dos especialistas em mercado, que em geral dizem que uma marca deve optar pela diferenciação ou pelo baixo custo. Sem dúvidas, unir esses dois pontos possibilita uma marca realmente competitiva.

QUAL A DIFERENÇA ENTRE OCEANO AZUL E VERMELHO?

Em oposição ao conceito de oceano azul, que representa os mercados distantes e que têm uma boa oportunidade de inserção para as marcas, está o oceano vermelho, com uma ideia oposta. Entender a diferença entre esses dois termos é importante para poder avaliar a adoção das melhores ideias para o negócio. 

OCEANO VERMELHO

Uma marca que atua no oceano vermelho está colocada em um mercado já existente, ou seja, está competindo com todas as outras marcas que já atuam neste espaço. Assim, precisa gastar muita energia para vencer os concorrentes, aproveitando a demanda que existe e que se divide entre todas as marcas atuantes.

OCEANO AZUL

Por sua vez, o oceano azul propõe a criação de um mercado que ainda não foi explorado e que, por isso, não têm que se preocupar com a relevância da concorrência neste espaço. Uma marca que queira considerar a estratégia do oceano azul deve criar e capturar uma nova demanda.

QUAIS AS CARACTERÍSTICAS PRINCIPAIS DA ESTRATÉGIA DO OCEANO AZUL?

Na estratégia do oceano azul, o empreendedor deve reconstruir as fronteiras do mercado, mudando o foco inicial, que sempre foi baseado na concorrência. Ao reavaliar o olhar que será aplicado no negócio, o modo de vender, o marketing e o próprio mercado sofrerão alterações. 

O principal ponto da estratégia do oceano azul é que nesta técnica a concorrência se torna insignificante, porque a presença da marca é condicionada a ocupar um espaço em que não há competidores. Com a tomada de um novo rumo, aumentam as chances de o negócio ter novas conquistas e alcançar o sucesso.

QUAIS SÃO OS RISCOS DA ESTRATÉGIA DO OCEANO AZUL?

Todo gestor responsável se preocupa com os riscos de uma decisão. Esta prática está certa e deve ser feita, justamente para garantir as melhores escolhas para um negócio. Tenha em mente que nenhum caminho está livre de naufrágios, nem mesmo a estratégia do oceano azul. Veja a seguir: 

  • Risco de busca: reconstruir a fronteira.
  • Risco do planejamento: concentre-se no panorama geral, não só nos números.
  • Risco de escala: vá além das demandas existentes.
  • Risco de modelo de negócios: acerte a sequência estratégica.

O QUE É MATRIZ DE AVALIAÇÃO DE VALOR NO OCEANO AZUL?

A matriz de avaliação de valor sugere que os empreendedores busquem entender como se configura o mercado do produto que querem vender, entendendo quais pontos são importantes para a concorrência e pensando, assim, como podem criar soluções que os conduzam a mercados inexplorados. 

Desta forma, há mais possibilidades de as marcas em questão trabalharem com produtos ou com serviços que atraiam um público que ainda não está sendo atendido pelo mercado. Neste sentido, as chances de sucesso são maiores, já que se trata de um mercado que não está saturado, ou seja, que não apresenta grande oferta de produtos. 

COMO APLICAR A ESTRATÉGIA DO OCEANO AZUL?

Já deu para entender que a estratégia do oceano azul oferece uma série de possibilidades para os gestores e seus negócios, uma vez que apresenta uma alteração sobre o mercado em que atuarão. Mas como é possível colocar essa estratégia em prática? Para isso, é preciso considerar os itens a seguir:

1. ELIMINAR

Na hora de projetar o seu negócio, retire aqueles atributos de valor que você acredita que não gerarão tanto valor para você. Por exemplo, o Circo de Soleil eliminou o atributo “fazer shows com animais”, podendo vincular a sua imagem à responsabilidade em relação aos animais e reduzindo custos que não trariam tanto benefício assim. 

2. REDUZIR

Da mesma forma, reduza a atenção para certos atributos que devam continuar, mas sem necessitar do máximo esforço da empresa. Ou seja, pense em como você pode oferecer itens de valor agregado, sem que isso impacte em mais trabalho e em mais custos para o negócio.

3. ACRESCENTAR

Acrescente atributos de valor totalmente inovadores, que seus concorrentes diretos não usam. Nesta hora, será de extremo valor pesquisar outros segmentos de mercado. Por exemplo, o atributo de valor “conforto e superprodução” usado pelo Circo de Soleil não foi inspirado no circo, mas sim no cinema.

4. AUMENTAR

Além disso, identifique alguns atributos de valor que seus concorrentes usam, mas que não lhes dão a devida atenção, embora sejam atributos importantes. Dedique atenção especial para aumentar o nível de qualidade desses atributos, tornando-os um ponto forte do seu negócio.

5. REVISE E MELHORE CONSTANTEMENTE SUA ESTRATÉGIA

Por fim, não esqueça que mais cedo ou mais tarde, seus concorrentes vão aparecer no oceano azul. O que você pode fazer é sempre estar um passo à frente deles. Para isso, crie novidades e pense em novos produtos, de forma que você possa estar sempre a certa distância da concorrência.

ESTRATÉGIA DO OCEANO AZUL: EXEMPLOS

O Cirque du Soleil é uma das companhias circenses mais famosas do mundo. Seus espetáculos atraem um público muito diferente daquele que costuma frequentar os circos tradicionais, e isso é um ganho possibilitado pela estratégia do oceano azul.

Isso porque o Cirque du Soleil não é apenas um circo, já que também usa conceitos de teatro, de ballet e de cinema. Assim, chegou a um formato único de apresentações, sem existir uma empresa concorrente.

Além de um conceito absolutamente inovador, o Cirque du Soleil recruta profissionais qualificados, que chegam à excelência, proporcionando um verdadeiro espetáculo ao público. A equipe conta com uma cenografia e um figurino de altíssima qualidade, que se aproximam muito mais dos grandes shows do que do circos que usam animais. 

Ao colocar em prática a estratégia do oceano azul, o Cirque du Soleil chegou a um resultado inédito, porque reuniu inspirações de diferentes setores, criando um modelo único de apresentação, levando à plateia pessoas que até então sequer admiravam uma apresentação circense. 

ESTRATÉGIA DO OCEANO AZUL NO E-COMMERCE

Tenha sempre em mente que a estratégia do oceano azul deve ser construída de acordo com os objetivos e desejos de cada marca. Por isso, pode ser aplicada a grandes negócios, como é o caso do Cirque du Soleil, mas também a pequenas empresas, como comércios eletrônicos que estão entrando no mercado agora.

Se você tem a intenção de recorrer à estratégia do oceano azul para criar uma loja virtual sólida e com capacidade de se consolidar no mercado, está fazendo uma excelente decisão, que, com certeza, trará bons resultados. Confira aqui quais são os pontos mais importantes para pensar na hora de planejar um e-commerce:

  • Definindo os objetivos da empresa: Pense onde a sua empresa deseja chegar e quais estratégias pode recorrer para melhorar as vendas. Assim será mais fácil de formular os objetivos sua empresa quer e precisa;
  • Organize a sua estratégia: Para organizar uma boa estratégia, que ofereça boas chances de crescimento para o seu negócio, dedique-se a analisar seu catálogo de clientes e a dar atenção ao marketing emocional; 
  • Compreenda o seu mercado: Saber tudo sobre o mercado que você atua é o que dá segurança na hora de tomar decisões. Assim, domine os altos e baixos do seu segmento, fique atento às novidades e tenha noção sobre os itens que as pessoas mais procuram;
  • Aprenda com empresas de outros ramos de atividade: Pesquise e vá em busca de empresas que servem como referência para o seu negócio. Estude empresas de segmentos diferentes do seu, observando sua logística e ficando atento às suas soluções;
  • Crie sua estratégia de oceano azul: A estratégia do oceano azul para e-commerce é uma construção que varia de acordo com cada marca. Ela não é uma fórmula única, pelo contrário. Trata-se de indicações com escolhas que podem fortalecer o seu negócio.

Gostou de saber mais sobre a estratégia de oceano azul para e-commerce? Se você atua ou tem vontade de começar a atuar nesse mercado, tenha em mente que o planejamento é o caminho mais seguro para seu negócio. Para complementar seu conhecimento, sugerimos a leitura de um conteúdo cheio de informações sobre plano de negócios. Clique aqui e saiba mais.

Artigo anteriorCauda longa e-commerce: entenda conceito e veja como aplicar
Próximo artigoComo ser um pequeno empreendedor? [GUIA COMPLETO]
Marcio Eugênio é especialista em e-commerce, com mais de 13 anos de experiência na área, e sócio-fundador de três empresas focadas em e-commerce. É colunista em diversos portais relacionados a comércio virtual, administração e empreendedorismo, além de contar com vasta experiência em comércio eletrônico. Foi eleito em 2016 como o melhor profissional de e-commerce pela Abcomm, através de votação popular, e é apresentador do maior canal focado em e-commerce do Youtube no Brasil. O Projeto mais recente de Loja virtual é a https://www.monnieri.com.br/ que saiu do zero a um milhão de reais de faturamento em menos de dois anos.

DEIXE UMA RESPOSTA