Porque um empreendedor deve investir no e-commerce

Porque um empreendedor deve investir no e-commerce

1686
0
Selective focus hand asian business man is calculating finance and accounting with growth up paper chart on wood table in home office.Pen calculator graph document on desk.economy,saving,financial.

O empreendedor é aquela pessoa capaz de captar as mudanças ocorridas na oferta de produtos e serviços, na economia em geral, e as novas oportunidades de negócio que surgem a cada dia. É uma pessoa quem têm sempre que estar antenada com as tendências que o mercado têm a oferecer e se antecipar aos seus concorrentes, ou ser o primeiro a investir em determinado negócio.

Empreendedores que agregam essas características, sabem quem o meio virtual oferece ampla possibilidade de negócios. Mas muitos se perguntam porque investir em lojas virtuais se seus negócios estão indo tão bem. Ou muitos por não ter um conhecimento mais específico do que se trata não arriscam seu capital. Esse texto visa explanar o que são as lojas virtuais e os motivos para se investir nelas.

O motivo primordial é não tornar a sua empresa obsoleta. Vivemos em um mundo que a cada dia exige mais do nosso tempo. Os clientes podem querer muito o seu produto ou serviço, porém não disponibilizam de tempo para se deslocar até a sua loja. O avanço do acesso à internet nos últimos anos foi bastante considerável e isso acaba por gerar maior público para sua marca. Em 2001, por exemplo, havia no Brasil pouco mais de 12 milhões de pessoas com acesso à internet. Em 2012 o ano fechou com uma média de 90 milhões de usuários conectados à rede em suas mais diversas formas, esse número é cerca de 45% da população nacional, segundo o IBOPE. Isso representa em 11 anos um salto de 650% no número absoluto de pessoas conectadas à rede, e consequentemente potenciais consumidores de empresas que possuem lojas virtuais.

Um bom motivo para se investir no e-commerce são também os números de pessoas que aderiram as compras em lojas virtuais nos últimos anos. Em 2001, tínhamos 1,1 milhão de pessoas que consideravam comprar algo na internet, isso representa desprezíveis 0,6% da população brasileira total. Já em 2012, o número de pessoas propensas a adquirir produtos em lojas virtuais foi de 40 milhões de pessoas. Esse número representa 20% da população nacional. Isso significa que o número de pessoas adeptas desse tipo de comércio cresceu nada menos que 3.536% no período.

Artigo anteriorVantagens e desvantagens de se comprar em lojas virtuais
Próximo artigoDicas para uma boa estratégia comercial
Marcio Eugênio é especialista em e-commerce, com mais de 13 anos de experiência na área, e sócio-fundador de três empresas focadas em e-commerce. É colunista em diversos portais relacionados a comércio virtual, administração e empreendedorismo, além de contar com vasta experiência em comércio eletrônico. Foi eleito em 2016 como o melhor profissional de e-commerce pela Abcomm, através de votação popular, e é apresentador do maior canal focado em e-commerce do Youtube no Brasil. O Projeto mais recente de Loja virtual é a https://www.monnieri.com.br/ que saiu do zero a um milhão de reais de faturamento em menos de dois anos.

DEIXE UMA RESPOSTA